Atualidade

Estudo da ESTeSC-IPC demonstra novas pistas sobre a evolução da EM

15 Nov. 2021

Um estudo desenvolvido pela Prof.ª Doutora Ana Valado demonstrou que alguns marcadores biológicos, produzidos em cefalorraquídeo e em soro, podem ajudar a estimar a evolução da esclerose múltipla (EM).

Newsletter

Agenda

Agenda News Farma

Opinião

Crises epilépticas e epilepsias em diferentes ambientes hospitalares
Dr. Nuno Canas, neurologista e neurofisiologista clínico do Hospital Beatriz Ângelo
Défice cognitivo ligeiro pode ser sinal de doença de Alzheimer
Prof. Doutor Joaquim Cerejeira, psiquiatra e diretor clínico da UPPC

PUB

Apoios

LillyNovartisSanofi