Atualidade

Células estaminais podem prevenir problemas neurológicos resultantes de radioterapia

07 Out. 2019

Um estudo realizado em Espanha demonstrou que é possível minimizar as lesões cerebrais provocadas por radioterapia usando células estaminais mesenquimais do tecido adiposo (gordura). O estudo, já publicado na revista científica “Frontiers in Cellular Neuroscience”, foi realizado em modelo animal e teve como objetivo encontrar uma solução terapêutica para os doentes com tumores cerebrais que, após serem submetidos a radioterapia para eliminação das células cancerígenas, acabam por sofrer danos neurológicos irreparáveis.

Por favor faça ou registe-se para aceder a este conteúdo

Newsletter

Opinião

Crises epilépticas e epilepsias em diferentes ambientes hospitalares
Dr. Nuno Canas, neurologista e neurofisiologista clínico do Hospital Beatriz Ângelo

Apoios