Atualidade

12 Jan. 2021

A conversa, moderada pela jornalista Clara de Sousa, aconteceu durante o evento Sanofi We Compromise – a mudança na esclerose múltipla é agora, no dia 7 de novembro. Alexandre Guedes da Silva, presidente da Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla (SPEM), destacou a importância de uma gestão cada vez mais personalizada e positiva da doença e advertiu para as dificuldades que os doentes com esclerose múltipla enfrentam durante a atual pandemia.

12 Jan. 2021

No evento Sanofi We Compromise – a mudança na esclerose múltipla é agora, decorrido a 7 de novembro, o Prof. Doutor Davide Carvalho, presidente da Sociedade Portuguesa de Endocrinologia, Diabetes e Metabolismo, e a Prof.ª Doutora Margarida Lima, hematologista do Centro Hospitalar Universitário do Porto (CHUP), partilharam as suas considerações sobre o tratamento da esclerose múltipla (EM) com alemtuzumab. A moderação ficou a cargo da Prof.ª Doutora Maria José Sá, do Centro Hospitalar Universitário S. João, da Prof.ª Doutora Ana Martins da Silva, do CHUP, e da jornalista Clara de Sousa.

12 Jan. 2021

“Teriflunomida: o efeito para além dos surtos” foi o tema da primeira sessão do evento Sanofi We Compromise – a mudança na esclerose múltipla é agora, que decorreu a 7 de novembro. Os neurologistas Prof. Doutor João de Sá, do Centro Hospitalar Lisboa Norte, e Dr. Carlos Capela, do Centro Hospitalar e Universitário Lisboa Central, apresentaram um conjunto de propriedades de teriflunomida que, a par da sua ação anti-inflamatória, reforçam a escolha do fármaco como opção terapêutica na esclerose múltipla (EM). O evento foi moderado pela jornalista Clara de Sousa.

12 Jan. 2021

A Dr.ª Lívia Sousa e a Prof.ª Doutora Sónia Batista, neurologistas do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC), abordaram a utilização de teriflunomida no tratamento de doentes com esclerose múltipla em várias fases da doença, num debate integrado no evento Sanofi We Compromise – a mudança na esclerose múltipla é agora, que aconteceu no passado dia 7 de novembro, com moderação da jornalista Clara de Sousa.

11 Jan. 2021

Projetos de investigação sobre a doença de Parkinson e a reparação de lesões na medula espinhal, liderados pelos cientistas Dr. Noam Shemesh e Dr.ª Maria Leonor Saúde respetivamente, foram premiados com Prémios Santa Casa Neurociências.

11 Jan. 2021

Um novo estudo, publicado na revista médica BMJ, descobriu que beber álcool em excesso na idade adulta (65 anos ou mais) pode ser muito prejudicial para o cérebro. A pesquisa também indica que os adultos mais velhos estão especialmente em risco desses efeitos negativos durante o período pandémico que se vive.

11 Jan. 2021

A Delegação Centro da Alzheimer Portugal vai criar uma equipa móvel de intervenção psicossocial especializada nas demências, para prestar apoio a pessoas com este tipo de patologia e seus cuidadores, nas freguesias rurais do concelho de Pombal.

11 Jan. 2021

As pessoas com tensão arterial diferente em cada um dos braços estão em maior risco de sofrer ataques cardíacos e acidentes vasculares que podem ser fatais, segundo um estudo realizado pelo boletim científico Hypertension.

11 Jan. 2021

O vencedor da edição deste ano foi o Dr. João Durães, neurologista do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC), com um projeto para investigar a importância dos ciclos fisiológicos no comportamento de pessoas com doenças neurodegenerativas, como a Alzheimer.

28 Dez. 2020

Investigadores da Iowa State University descobriram que beber vinho e comer queijo pode ajudar a reduzir e retardar o declínio cognitivo típico de várias formas de demência, nomeadamente da doença de Alzheimer.

Newsletter

Agenda

Agenda News Farma

Opinião

Crises epilépticas e epilepsias em diferentes ambientes hospitalares
Dr. Nuno Canas, neurologista e neurofisiologista clínico do Hospital Beatriz Ângelo
Défice cognitivo ligeiro pode ser sinal de doença de Alzheimer
Prof. Doutor Joaquim Cerejeira, psiquiatra e diretor clínico da UPPC

PUB

Apoios

NovartisSanofi