Opinião

Défice cognitivo ligeiro pode ser sinal de doença de Alzheimer

30 Jan. 2018

O défice cognitivo ligeiro carateriza-se por uma perda das capacidades cognitivas superior ao que é esperado para a idade da pessoa. É geralmente considerado uma fase transitória entre o processo normal da idade e a demência. Estudos recentes demonstram que a presença desta perturbação da função cognitiva pode ocorrer nas fases iniciais da doença de Alzheimer ou de outras demências.

Por favor faça ou registe-se para aceder a este conteúdo

Newsletter

Opinião

Défice cognitivo ligeiro pode ser sinal de doença de Alzheimer
Prof. Doutor Joaquim Cerejeira, psiquiatra e diretor clínico da UPPC

Apoio

Merck

My Neurologia é um projeto editorial da responsabilidade da News Farma, possível com o apoio da Merck.